Sérgio Coelho explica antecipação de verbas para Arena MRV, do Atlético – Superesportes

Sérgio Coelho explica antecipação de verbas para Arena MRV, do Atlético – Superesportes

junho 2, 2022 Off Por admin
foto: Leandro Couri/EM/D.A Press

Atlético antecipará recursos para concluir obras da Arena MRV

Em grave situação financeira, o Atlético vota, nesta semana, além da venda do Diamond Mall, a antecipação de verbas para a conclusão das obras da Arena MRV, futuro estádio do clube. Ambas já foram aprovadas pelo Conselho Deliberativo. Presidente do Galo, Sérgio Coelho explicou a operação de crédito em processo.
 
Em resumo, o Atlético antecipará recursos provindos de patrocínios, camarotes e cadeiras cativas da Arena MRV para dar continuidade às obras. Trata-se de uma operação de R$ 200 milhões do Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI). Houve aumento nos custos das obras em relação ao que foi estipulado de início.
Os valores pendentes seriam recebidos, a princípio, em várias prestações. Com o novo acordo, o Atlético disponibiliza o CRI ao mercado e o vende para arrecadar o montante estimado de imediato.
Sérgio Coelho explica que o Atlético não adicionará mais uma dívida à já extensa lista de débitos que prejudicam a saúde financeira do clube. A intenção é concluir as obras da Arena MRV até o fim do ano.
“A Arena está sendo construída com venda de parte do Diamond, e a outra parte a gente está conseguindo através de venda de propriedade. O que são? Cadeiras, camarotes, patrocínios de ambientes, etc. As vendas foram feitas em 20, 30, 40 parcelas. Vamos trazer isso ao valor presente, um fundo vai comprar esses créditos, e a Arena vai dar as suas contas em garantia”, detalhou.
“Não estamos criando uma dívida, estamos descontando o que temos para receber para concluir as obras até o fim do ano”, completou Sérgio Coelho.
 

Torcedores do Emelec mostram confiança para duelo com o Atlético

 

Diante da aprovação do Conselho Deliberativo, serão emitidos títulos bancários para a venda do CRI ao mercado financeiro. Essas cotas fazem parte de um Fundo de Investimento do Atlético, que é o cotista único da Arena MRV. Veja a explicação técnica dada pelo clube a seguir:
“A alienação fiduciária das cotas do Fundo de Investimento Imobiliário – AVM FII, cotista único da Arena MRV, de propriedade do Clube Atlético Mineiro, a serem dadas em garantia de operação bancária de antecipação de recebíveis decorrentes da exploração e venda das propriedades comerciais, com destinação exclusiva de todo o resultado financeiro da construção da Arena MRV”.
 

 

Fonte: www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2022/05/31/noticia_atletico_mg,3970837/sergio-coelho-explica-antecipacao-de-verbas-para-arena-mrv-do-atletico.shtml